Setor laranja possui diversos minicircuitos esportivos

De volta à sequência de matérias intituladas “Circuitos de caminhada e corrida na Porta do Sol”, na qual destacamos, com a ajuda do professor Foca Lima, opções de caminhos com graus de dificuldade variados nos quatro setores do Residencial, chegamos ao último episódio da série. O Setor Laranja, na região próxima ao Clube, é a bola da vez e se caracteriza por possuir diversas opções de caminhos curtos, mas que se interligam, diferente dos outros setores que geralmente contam com uma avenida ou rua principal mais longa que cruzam ruas sem saída.

Opção muito praticada pelos porta-solenses é o trajeto que sai do Clube e segue reto até Portaria 2, sempre pela Avenida do Sol 1

Vale destacar que o Setor Laranja abriga um dos patrimônios naturais mais importantes da Porta do Sol, a cachoeira, localizada no final da rua Vicente do Rego Monteiro. Ela está fechada para o público desde o início da pandemia, em março de 2020, mas é possível incluir o caminho de acesso a ela em algum dos roteiros locais, pois só de ouvir o som das quedas d´água já traz uma sensação de relaxamento ímpar durante as atividades físicas. A rua conta com duas subidas íngremes, que exigem um bom esforço físico, e é bem arborizada e sossegada. Ela começa na Avenida do Sol 1.

Exercitar-se e ao mesmo tempo contemplar as belas paisagens avistadas na Avenida do Sol 1

Um trajeto muito praticado pelos porta-solenses é pegar a Avenida do Sol 1, em frente ao Clube e seguir reto até a Portaria 2. O percurso é composto de subidas, descidas e trechos planos, mas por ser um trajeto com mais tráfego de carros, fica aquela dica do professor Foca, “de andar na contramão dos veículos”. O caminho completo, na caminhada rápida, leva cerca de 50 minutos entre ida e volta.

Carolina e Paulo Íris, do lote O3k, fazem sua caminhada matinal que passa pela rua Augusto dos Anjos

Trajetos curtos

Para quem deseja fazer trajetos mais curtinhos, seguem duas dicas: pegar a Augusto dos Anjos, no encontro com a Avenida do Sol 1, descer à esquerda na rua Santa Rita Durão, esquerda novamente na Raimundo Cauda, depois à direita na Humberto de Campos e à direita até a Avenida do Sol 1, até o reencontro com a Augusto dos Anjos, ou, para os mais ousados, descer a rua da cachoeira.

Minicircuito passa pela charmosa Augusto dos Anjos

Outra sugestão leve é partir da Avenida do Sol 1, no encontro com a Augusto dos Anjos, descer à direita na Luiz Guimarães Júnior, depois subir à esquerda na Antônio Sales (subida íngreme) e retornar pela Avenida do Sol. Estes dois últimos circuitos levam, em média, 30 minutos para serem feitos, na caminhada.

Circuitos no Setor Laranja podem incluir ida até a cachoeira, que mesmo fechada na pandemia oferece trajeto interessante

Dica do professor

No vídeo a seguir, o professor Foca Lima traz sua última sugestão de treino, desta vez no Setor Laranja. O percurso sugerido totaliza 5 km, em média, mas com uma dica a mais para quem quiser turbinar seu gasto calórico.

 

Mande suas sugestões!

A série “Circuitos…” chega ao final, mas diante de tantas possibilidades diferentes de percursos em meio aos quatro setores do Residencial e à repercussão das matérias, sugerimos que os porta-solenses continuem praticando os trajetos, descobrindo novos e, quem desejar contribuir, pode nos enviar fotos, vídeos ou informações que compartilharemos as experiências em nossos canais de comunicação. Todas as matérias da série estão disponíveis no site do Residencial, em nossa página no facebook, no Instagram e no Youtube. Aproveitem as dicas e bom treino!

Por Marília Heymer 

 

COMENTÁRIOS