A qualidade da nossa água

Você sabia que a água distribuída pela Apaps que entra em sua casa é própria para consumo? A água tratada em nossa ETA (Estação de Tratamento de Água), inclusive, tem um pH (potencial de hidrogênio) 7,86, o que é considerado excelente – isso significa que ela tem menos acidez. Porém é importante ressaltar que para manter a qualidade da água é fundamental ter alguns cuidados com o armazenamento, ou seja, é necessário manter sua caixa d’água sempre limpa.

De acordo com Paulo Henrique Silva, Responsável Técnico do Departamento de Água da Apaps, “uma importante propriedade da água é a turbidez, a qual está diretamente relacionada à sua qualidade.” A turbidez representa a propriedade óptica de absorção e reflexão da luz, servindo como um importante parâmetro das condições adequadas para consumo.

Nossa ETA é automatizada, ou seja, a medição da quantia de produtos químicos necessários para tratar a água é feita através de um sistema eletrônico, o que evita a possibilidade de haver erros humanos no momento da dosagem de produtos. Todo o processo de captação, tratamento e distribuição de água potável é licenciado por órgãos reguladores – Conselho Regional de Química, Departamento de Águas e Energia Elétrica, Vigilância Sanitária e Ministério da Saúde (SISAGUA).

O tratamento de água é controlado por técnicos habilitados pelo Conselho Regional de Química. A água em todos os procedimentos de tratamento recebe análises de hora em hora, para que seja alcançada a potabilidade no final do processo.

O Ministério da Saúde, obrigatoriamente, coloca o presidente da Associação como responsável legal do processo de tratamento, mas Apaps também mantém um técnico responsável por toda a atividade química no Residencial, ou seja, ele é encarregado de cuidar das instalações da ETA e de outras atividades desenvolvidas, tais como: tratamento de água das piscinas do Clube, armazenamento e manuseio de produtos controlados etc.

Por: Julia Mira

COMENTÁRIOS