As consequências dos fogos de artifício

Nos nossos comunicados aos associados, insistimos muito nos perigos dos fogos de artifício, especialmente os que produzem forte barulho. Inclusive, temos destacado que o Regulamento da Porta do Sol, recentemente aprovado pelo Conselho Deliberativo, proíbe a soltura desses fogos, com base em normas de proteção ambiental.

Infelizmente, nesta passagem de ano, os danos dos fogos se fizeram sentir novamente. De acordo com relato de moradores do Residencial, publicados em redes sociais, diversos animais de estimação fugiram de suas casas em razão do pânico provocado pelo barulho dos fogos. A associada Renata Buono entrou em contato com a Apaps para informar que a cachorrinha Elsa havia fugido, e que encontrou outro cão perdido em sua rua. Claramente, consequência do barulho na noite de Réveillon.  Barulho que afeta negativamente todas as espécies animais – não apenas os domésticos.

Isso reforça a necessidade de extrema obediência ao que preconiza nosso Regulamento em relação à soltura de fogos. Não só por se tratar de uma exigência legal, mas, também, por uma questão de bom senso.

Caso seu animal tenha fugido, entre em contato com o SAP (Serviço de Atendimento ao Proprietário), através do e-mail sap@portasol.com.br. Na mensagem, indique seu nome e contato, uma foto do animal e nome que ele atende. Desta forma, poderemos divulgar em nossas mídias o desaparecimento, possibilitando que o animal seja encontrado.

Veja abaixo foto da cachorrinha que encontra-se perdida. Se você reconhece-la, entre em contato com Renata. É possível falar com ela pelo telefone (11) 99198-4598.

Por: Júlia Mira

COMENTÁRIOS